Submarino.com.br

Review Kyle XY (3.10) – “Bringing Down the House”

Apesar de já ter passado algum tempo da emissão do último episódio de Kyle XY, não podia deixar de postar o review de “Bringing Down the House”.

Acabou uma das minhas séries favoritas e parece que não tenho muitos motivos para estar feliz, pois a ABC Family não deu um fim ao seriado. Digamos que se tivesse que descrever, de uma maneira breve, o que eu senti quando o episódio terminou, talvez, as palavras frustração e desilusão estariam nesse resumo.

O episódio em si não foi mau, pois teve momentos de alguma ação e, ainda no final, uma grande revelação, seria talvez um episódio perfeito para um fim de temporada, não um fim de uma série!

Após descobrir as verdadeiras intenções de Latnok, Kyle decide que a todo o custo terá que impedir a organização de voltar a reiniciar a experiencia de Adam Baylen. Para isso o jovem prodígio terá que destruir todo o tipo de informação que possa levar Latnok a recriar a fórmula que permitirá criar um útero artificial. Mais uma vez, e como tem sido costume na série sci fi da ABC Family, toda a família acaba por ajudar Kyle a travar a Latnok. Ao longo do processo o adolescente acaba por descobrir que para além de a organização estar a recriar a experiencia que lhe deu vida, ainda por cima estavam a planejar fazer clones dele. Kyle segue, então, para o armazém onde estava armazenado todo o material que levaria à recriação da experiencia de Baylen com o intuito de destruir a fórmula. Apesar de um pequeno contratempo, o jovem consegue destruir por completo o líquido.

Porém Nate ainda possuía toda a informação que roubou de Cassidy. Amanda avisa Jessi que Nate não estará em casa e que Kyle pode ir buscar a informação. A conversa das duas garotas foi bastante engraçada e levou a um desfecho no mínimo surpreendente. Não é novidade que Jessi e Amanda não se dão bem. Um dos entraves para o bom relacionamento da dupla sempre foi Kyle. A inimizade acabou por aumentar nesta temporada depois de Amanda apanhar Jessi beijando Kyle. No entanto a dupla se junta para conseguir destruir a informação que Nate roubou de Cassidy. Entretanto, enquanto Amanda tentava destruir a informação Nate aparece e Jessi vê-se obrigada a intervir. O resultado acabou por ser um certo sentimento de simpatia mútuo entre Jessi e Amanda.

 

Uma das coisas mais interessantes na série foi ver o crescimento de Kyle desde o inicio. Comparando como a primeira temporada vemos que Kyle mudou bastante. A mudança não é mais do que o processo de crescimento de uma pessoa. Porém toda esta situação com a Latnok acabou por transformar Kyle de uma maneira que não estaríamos à espera nas temporadas anteriores. Kyle mentindo, infringindo leis, com ódio de outra pessoa ao ponto de tentar mata-lo.

 

 

 

A cena do confronto com Cassidy foi bastante interessante, mas ao mesmo tempo bastante irritante, pois acabou por ser uma cena de suspense e de uma grande revelação a última cena do seriado. Não é de todo uma cena que finalize o que quer que seja!

A maior frustração acaba por ser o fato de a trama que foi deixada por resolver daria, muito provavelmente, espaço para uma ótima quarta temporada. Mas enfim…De qualquer forma Kyle XY não deixa de ser uma grande série e sempre estará naquele grupo de seriados que eu nunca esquecerei.

 

 

Postado em: Kyle XY



Sobre o Autor

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.

Real Time Analytics